quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

CENTRO CULTURAL CORREIOS - CADERNO CULTURAL A REVISTA






“Costurando as Rosas” 
Marcela Carvalho - Pinturas 
A mostra reúne 16 pinturas em técnica mista e de formatos variados da artista Marcela Carvalho - mineira de Manhumirim e radicada em Nova York - que conceitua sua arte como "formas abstratas ou figurativas, que traduzem a expressão da essência das emoções e dos sentimentos". Suas obras retratam mulheres de diferentes origens e culturas que, "em nome do amor", optaram pela liberdade e felicidade pessoal e de seus filhos longe da manipulação, controle e opressão de seus parceiros.
Internacionalmente conhecida em exposições coletivas e individuais na França, Estados Unidos, Finlândia e Inglaterra, a artista plástica Marcela Carvalho é, também, pianista, compositora, escritora e ilustradora. Sua carreira vem sendo destacada e premiada pelos projetos dirigidos à obesidade mórbida infantil, com iniciativas de sucesso para promover a cultura de estilos vida felizes e saudáveis para essas crianças, transpondo essa fronteira para a expressão criativa através do trabalho de arte colaborativa.
As pinturas de Marcela expressam a essência interior, a alegria, ingenuidade e curiosidade infantil, transmitindo a beleza sentimental, paixão e espontaneidade à sua arte. Compartilham, ainda, simplicidade, capacidade técnica e inspiração criativa para homenagear a inteligência, beleza e a admirável força das mulheres que vivem na sociedade contemporânea.
Serviço
Exposição: "Costurando as Rosas" - Pinturas - Marcela Carvalho
Abertura: 29 de janeiro de 2014, às 19h
Visitação: 30 de janeiro a 16 de março de 2014 - terça a domingo, das 12h às 19h - GRÁTIS/LIVRE
Centro Cultural Correios - Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: (21)2253-1580
Apoio Cultural: Centro Cultural Correios



É um trabalho moderno figurativo.

Assim falou Marcela Carvalho!
Desde dia 14/01/2014, quando tive notícias da exposição dos trabalhos da artista Marcela Carvalho, no Centro Cultural Correios, eu venho tentando conversar com ela sobre suas propostas e sobre o evento “Costurando Rosas”, título desta mostra.
Somente nos falamos nas primeiras horas da madrugada de 31/01/2014, Marcela estava de volta da exposição, pronta para descansar quando me atendeu pelo Facebook.
Eu não havia entendido bem sobre o que iria ser exposto. Estava comprometido com os frequentadores de TV Artponto. Deveria publicar entrevista com ela.
O vernissage foi em 30/01/2014 às 19 h s.
Eu comecei perguntando-lhe sobre o tema: Bom, pode nos falar sobre o seu projeto "Costurando Rosas" e como surgiu a ideia?
- O titulo desta mostra surgiu por um acaso. Costurando as rosas. Embelezando as mulheres, festejando... Uma metáfora...
- É uma dúvida minha: esses retratos são de pessoas de sua convivência?
- Sim. Inspirei-me em pessoas que conheço, outras que apenas parecem serem conhecidas, por serem do meu meio, pretendi descrever suas essências, as virtudes que encontramos em meus portraits nem sempre são de retratados.
Tenho certa paixão com empoderamento e acho que as mulheres podem ser mais independentes ainda.
Como qualquer homem, eu creio também nisto, quando falamos de independência. Não concordo com nenhum sistema de dependência.
- Exatamente!
No final da conversa eu perguntei sobre a estética de seu trabalho, tinha em mente saber de sua formação, talvez alguma influência.
Conclusão: sem dúvida o trabalho é espontâneo e eu não acredito que são pinturas ingênuas, porque Marcela já afirmou que é importante encontrar, junto de seus espectadores, alguma essência na alma de suas figuras. Vejam, é impressionante: figuras retratadas, pintadas sobre tela, com técnica mista e que têm alma.
Então podemos concluir, em pensamento, que o objetivo da artista, foi atingido plenamente quando ela a principio afirma que sua intenção é transcorrer pelos valores, ainda que, estimulando, as mesmas mulheres além das suas personagens, a serem ainda mais independentes.
Marcela tem viajado pelo mundo mostrando sua arte, adquirido conhecimento e experiência.
Nos do Caderno Cultural já publicamos matéria divulgando exposição da artista na Galeria Ava em agosto de 2013.
Notamos agora que ela não foge de seu estilo e de sua temática, mantém-se fiel a sua própria estética, que nos garante acreditar que estamos diante de uma artista tarimbada e verdadeira.
 Líbano Montesanti Calil Atallah
  

 CONVIDA A TODOS

Convido meus amigos queridos do RIO DE JANEIRO para a exposição de minha grande amiga Marcela Carvalho, no Centro Cultural Correios. Eu estive à frente de algumas peças de divulgação para a exposição e acompanhei a finalização das obras que serão expostas, ainda em NY. Marcela Carvalho é residente em NY e já levou sua arte para alguns lugares do mundo, recentemente na Finlândia, e agora traz ao Rio.
Espero vê-los lá!


CENTRO CULTURAL CORREIOS


Centro Cultural Rio de Janeiro
O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro está localizado na Rua Visconde de Itaboraí, 20, no centro da cidade. Integra o Corredor Cultural, tendo como vizinhos a Casa França Brasil, ao lado, e o Centro Cultural do Banco do Brasil, defronte.


O imóvel foi inaugurado em 1922. As linhas arquitetônicas da fachada, em estilo eclético, caracterizam o prédio do início do século, construído para sediar uma escola do Lloyd Brasileiro. Mas isto não ocorreu e o prédio foi utilizado, por mais de 50 anos, para funcionamento de unidades administrativas e operacionais dos Correios. Na década de 80, o imóvel foi desativado para reformas, sendo reaberto em 2 de junho de 1992, parcialmente restaurado, para receber a "Exposição Ecológica 92", evento integrante do calendário da Conferência das Nações Unidas sobre Meio Ambiente - RIO 92.
A inauguração oficial do Centro Cultural Correios aconteceu em agosto do ano seguinte, com a Exposição Mundial de Filatelia - Brasiliana 93. Desde então, o Centro Cultural Correios vem marcando a presença da instituição na cidade com promoção de eventos em áreas diversas, como teatro, vídeo, música, artes plásticas, cinema e demais atividades voltadas à integração da população carioca com formas variadas de expressão artística.
Suas instalações, adequadas à realização de diversificada programação, ocupam integralmente os 3.480m2 da área do prédio. O Centro Cultural Correios Rio de Janeiro é dotado de três pavimentos interligados por um elevador, também do início do século, de onde se pode ter uma visão panorâmica de todo o ambiente interno.
No andar térreo, está localizado o Teatro com 320 m² e capacidade para 200 pessoas.
Também no térreo há uma Galeria de Arte para pequenas mostras. No segundo e terceiro pavimentos, estão localizadas dez salas de exposições, com infra-estrutura e iluminação propícia a eventos de grande porte.
Ao fundo da Galeria de Arte está localizada a Agência JK, que oferece os serviços de Correios e de conveniência, com funcionamento de terça-feira a domingo, do meio-dia às 19 horas.
O Centro Cultural Correios dispõe também de um Bistrô, que funciona durante o horário de realização dos eventos.
A Praça dos Correios - uma área aproximada de 1,3 mil m² ao ar livre, com espelho d'água e suporte de uma concha acústica, que pode receber um público numeroso para eventos a céu aberto.
O Centro Cultural Correios, em média anual, recebe um público 400 mil visitantes e promove cerca de 50 eventos, com atrações variadas de teatro, música, dança, cinema e vídeo, além das exposições de diversos tipos de arte.

Visitação:
Centro Cultural Correios
Rua Visconde de Itaboraí, 20 - Centro
Corredor Cultural
20010-976 - Rio de Janeiro - RJ
Telefone: 0XX 21 2253-1580
Fax: 0XX 21 2253-1545
E-mail: centroculturalrj@correios.com.br

Funcionamento:
O Centro Cultural Correios recebe visitantes de terça-feira a domingo, das 12 às 19h
Entrada franca.





RUA VISCONDE DE ITABORAÍ, 20
CENTRO
FONE: 21 - 2253 1580
RIO DE JANEIRO – RJ - BRASIL



CADERNO CULTURAL A REVISTA É UM ÓRGÃO DA


ENTRE EM CONTATO CONOSCO

______________________________________________________
______________________________________________________
Líbano Montesanti Calil Atallah